LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
A CULTURA GAY É INTOLERANTE E NÃO CONSEGUE VIVER NA DIVERSIDADE COM RESPEITO

sábado, 2 de abril de 2011

Noticiário na Europa mostra o Deputado brasileiro Jair Bolsonaro acusando o governo petista de incentivar o homossexualismo e a pedofilia.

Deputado acusa governo de promover homossexualidade

O deputado brasileiro Jair Bolsonaro acusa o governo de incentivar o homossexualidade e a pedofilia. Em nova polémica, insinua que Preta Gil, filha do cantor Gilberto Gil, participa em "orgias". Político ganhou notoriedade internacional ao fazer comentários preconceituosos na televisão. Veja o vídeo.


Jair Bolsonaro acusou os ministérios da Educação e dos Direitos Humanos e Temas Sociais de criarem acções de combate à homofobia que incentivam a homossexualidade e a pedofilia, avançou o jornal "O Dia".

O deputado pôs em questão um "kit" desenvolvido pelo governo brasileiro que contém vídeos que falam sobre transexualidade, bissexualidade e relações lésbicas. O material deverá ser entregue nas escolas nos próximos dias.

"As crianças estão a formar o carácter e o 'kit' vai incentivar as relações homossexuais", disse Jair Bolsonaro, relacionando o caso com o filho de 16 anos do ex-jogador "Animal" Edmundo, que confessou ter-se tornado "gay" devido à convivência com amigos homossexuais da mãe.

Jair Bolsonaro, deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro, defensor declarado das causas militares e apoiante da ditadura, disse no programa "CQC", da TV Bandeirantes, que os seus filhos não correm o risco de namorar uma negra ou de se tornarem homossexuais, porque foram bem educados.

(...)

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1820659

Nenhum comentário:

Postar um comentário