LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
A CULTURA GAY É INTOLERANTE E NÃO CONSEGUE VIVER NA DIVERSIDADE COM RESPEITO

quinta-feira, 22 de março de 2012

Uma estudante americana diz que é “macho” para poder deitar-se com o machos (Direto de Portugal)

by O. Braga

"A transgender student at Miami University has filed a complaint against the school after not being allowed to serve as a residential assistant in an all-male dorm.

Kaeden Kass, who was born a female but identifies himself as male, filed a complaint with the dean of students and the Miami University council over the incident, according to WLWT-TV."

via Transgender Student Files Complaint After Being Banned From All-Male Dorm « CBS Cleveland.

Kaeden Kass [na imagem] nasceu fêmea, mas diz que se “sente” macho. O facto de ela ser menstruada parece não a convencer de que é fêmea.

E como ela se sente macho, diz que é macho. E como ela diz que é macho, exige que toda a gente a trate como macho – diz ela. Até aqui nada de importante que não seja a necessidade da nossa paciência para lidar com malucos.

Porém, Kaeden Kass vai mais longe: como ela diz que é macho porque “se sente” macho, pretende dormir no dormitório dos rapazes da universidade de Miami. Em vez disso, a universidade disse-lhe para ela — embora se sinta macho — ir dormir no dormitório das raparigas.

"Que não !" — diz ela —, "porque sou macho!"

Se eu estivesse no lugar de Kaeden Kass, e me oferecessem dormida do dormitório das raparigas, podem crer que eu não protestaria. Mas isso sou eu, que sou macho; mas ela não é. E exactamente porque ela é fêmea, é que quer ir para o dormitório dos machos. Estão a “esquinar” a coisa? Mas ela diz que não!, que é macho...

Se o mundo tiver a sorte de ter, no futuro, gerações esclarecidas e cultas, essa gerações vindouras irão rir-se de tudo o que está a passar actualmente. Este período da história será lembrado pela grande paciência que tivemos todos para aturar as “Isabéis Moreiras” do nosso tempo.

O. Braga

Quinta-feira, 22 Março 2012 at 5:53 pm
Categorias: A vida custa, Esta gente vota, feminismo, Gayzismo, homocepticismo, politicamente correcto
URL: http://wp.me/p2jQx-aNH  

Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário